domingo, 28 de fevereiro de 2010

Oração

6

Te devoto minha oração
Clamo-te o meu perdão
Redima-me dessa ausência.
Peço-te que compreenda o meu pavor
An’ti a sua face pálida
E branca
An’ti o seu mistério
E seu enigma
Perdoe-me por me encontrar
Na escuridão
Diante da sua clareza.
Ensina-me a lidar
Com sua receptividade,
De corpo morto
E alma viva.
Daí-me lucidez
E astúcia
Eu te clamo,
Eu te clamo,
Amém.



Fernanda Colcerniani

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Monólogo

9

- Boa tarde!!
- Oi
- Tá muito quente hein?
- É.
- Vi no jornal que vai dar uma esfriada no final da semana.
- Legal.
...
- Você viu que pegaram aquele cara que estuprou e matou várias mulheres na região do Barreiro?
- Vi sim.
- Canalha demais!
- É.
- Fico pensando que ele é um sujeito que deve ter algum atrativo, ser bonito, bem vestido... Senão como conseguiria atrair mulheres tão bonitas e jovens?
- ...
- O bandido de hoje em dia mudou... Anda bem vestido, nem sempre é negro.
- É.
- Você viu que aquele governador de Brasília renunciou em três dias.
- Sim.
- A gente vê cada uma por lá né?
- Verdade.
- Você viu...
- Bem, vou descer. Prazer em “conversar” com você.

Ao sair do ônibus pensei: Coisa mais chata é alguém puxar papo com você dentro do ônibus sem você estar afim de conversar e ela nem perceber isso.


(fatos r e a i s)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

As 20 músicas (melhores) que você não pode morrer sem escutar: parte II

17

Pois é... Como não sou muito fã de músicas internacionais, achei que teria mais facilidade para fazer essa lista (minha claro). Me enganei. A lista não teve todas as músicas que eu mais gosto e nem de longe é uma lista ideal. Sei que ficou faltando muita coisa boa, muito rock bom, muitas bandas boas, mas escolhi as que de verdade eu não posso deixar de ouvir. Gostaria que essa lista fosse maior... Depois vou acrescentar mais 20 músicas nela! rs

E vocês? O que acham que ficou faltando ai?


Zombie – The Cranberries

Sweet Child O’Mine - Guns N' Roses

Stairway to Heaven – Led Zeppelin

Again – Lenny Kravitz

Metalica – The Unforgiven

The Wall – Pink Floyd

Girl you’ll be a woman soon – Urge Overkill

Respect – Areta Franklin

Smells Like Teen Spirit - Nirvana

Still Loving you – Scorpions

Wonderwall – Oasis

Angie – Rolling Stones

Good Riddance time of your life – Green Day

Goo goo dolls – Iris

Help – Beatles

Nothing else Matters – Metallica

I Love you baby – Gloria Gaynor

Pink – Aerosmith

Hole in my Soul – Aerosmith

Ode to my family – The Cranberries

É isso... me ajudem a completar essa lista!
E o que acharam dela?

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

Reticências

5

Quero todas as palavras
Quero todas as letras
Sem grandes possibilidades
A minha alma fica pequena.

Quero juntar as belezas,
Sedimentar as alegrias,
Desbravar todo esse destino.

Quero explorar o mundo,
Ir bem lá no fundo e
Descobrir o tesouro,
Não o mais valioso
Não o de jóias e rubis
Quero o de cores e aromas
De estradas e coisas mil.

Quero ir ao céu,
Tocar as nuvens,
Desfazer seus informes desenhos
E escrever no azul, de branco
Todas as palavras
Todas as letras.

E se sobrar tempo,
Quero ir ao mar
Ir bem fundo
E buscar bem fundo
Todas as aspirações do mundo.
Para completar,
o peixe mais pequeno vou pegar
Para dele poder fazer o rei do meu maior mundo.



Este poema eu escrevi quando estava no início da faculdade, no 2° período se não me engano (2003)... Na época gostei dele, hoje não achei legal, não muito. Mas está ai! É meu post de hoje!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

As 20 músicas (melhores) que você não pode morrer sem escutar:

10

Seleção minha, claro! E apenas de músicas da MPB, depois faço uma de internacionais...
Há, não tem ordem ok? Pelo menos para mim não...

Bola dividida (Luiz Ayrão ) cantada por Diego Nogueira ou Zeca Baleiro

Clube da esquina II (Lô Borges / Márcio Borges / Milton Nascimento) cantada por Milton

Casa aberta (Flávio Henrique e Chico Amaral) na voz de Milton a Marina Machado

Atrás da porta (Chico Buarque) na voz de Elis Regina

Linda flor (H. Vogeler, Cândido Costa, Luiz Peixoto e Marques Pôrto) na voz de Elis Regina

Bastidores (Chico Buarque) na voz de Cauby Peixoto ou do Chico, claro

Águas de Março (Tom Jobim) na voz de Tom e Elis

Samba pra Vinícius (Toquinho) na voz do próprio!

Sinal fechado (Paulinho da Viola) com Toquinho e Badi Assad

Encontros e despedidas (Milton Nascimento) na voz de Maria Rita

Sou neguinha (Caetano Veloso) na voz de Vanessa da Mata

Mais um adeus (Vinícius de Moraes) na voz de Toquinho e Badi Assad

Vapor barato / flor da pele (Waly Salomão / Jards Macal / Zeca Baleiro) Na voz de Zeca Baleiro e Gal Costa

Conversa no bar / asas da panair – (Milton Nascimento) na voz de Elis Regina

Partido Alto (Chico Buarque) na voz de Cássia Eller

All Star (Nando Reis) na voz de Nando Reis

Conversa de Botequim (Noel Rosa) na voz de Maria Rita

Grilos (Erasmo Carlos) no voz de Marina Machado

Casa pré fabricada (Los Hermanos ) cantada por Maria Rita

Secador, maçã e lente (Érika Machado) na voz dela



Dentre esses, escolhi um vídeo para postar para vocês (a escolha foi aleatória)


video

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Bituca

3


Coisa louca é ouvir e conhecer Milton Nascimento. Toda a sua vasta obra é magnífica e comovente. Eu como uma boa Mineira, não posso deixar de apreciar a sua obra! Todos nos sabemos que Milton nasceu no Rio de Janeiro, mas tem Minas como a sua casa e eu me orgulho muito disso.

Eu tenho fases para música. Amo Chico Buarque, por exemplo, mas estou numa fase completamente Milton Nascimento. E me delicio... Tenho vontade de viver tudo o que ele canta, fecho os olhos e delirantemente viajo nas letras e nas melodias criadas por um gênio da música brasileira. Na minha eterna viagem por Minas, convido a virem comigo... A viagem pela voz e letra de Milton Nascimento:

video

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Pinto preconceituoso, acredita?

9

É cada uma que vejo...
O ex-namorado da Jennifer Aniston e Jessica Simpson falou que não transa com mulheres negras.
‘‘Acho que não estou aberto para este tipo de relação. Meu pênis funciona como uma supremacista branco. No meu coração não tenho preconceitos, mas o meu pênis não funciona assim. Acho que vou começar a sair sem ele.’’




Sinceramente, não sou homem e nem penso como eles (graças a Deus sou mais sensata), mas escutar um homem dizendo que o seu pinto não funciona com mulheres negras me deixa de cabelo em pé. Eu realmente acho que ele não tem a sua sexualidade bem definida, afinal, homem que é homem gosta de mulher e pronto! Ou não é assim que funciona?

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Carnaval

3



"Mas é carnaval, não me diga mais quem é você
Amanhã tudo volta ao normal
Deixa a festa acabar, deixa o barco correr, deixa o dia raiar
Que hoje eu sou da maneira que você me quer
O que você pedir eu lhe dou
Seja você quem for, seja o que Deus quiser..."
(Chico Buarque)


Chegou a tão esperada data, o carnaval. Eu, particularmente, não sou muito chegada, mas o feriadão é muito bem vindo! Na quinta e na sexta teremos reunião na escola, mas tenho três dias de ''folia'' pela frente! Na verdade, minha folia vai ser ficar em casa trabalhando e estudando muito! Mas pretendo descansar também! A todos que irão cair na folia de verdade, boa farra e juízo! Porque o carnaval é bom, mas lembrem-se que "todo carnaval tem sem fim" e na "quarta feira de cinzas está tudo acabado".

Meu próximo post será ótimo, não percam! rs

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Sem assunto

3

É... Como esse post inútil não vai contar, eu praticamente não mexi no blog essa semana.
Eu explico... Estou estudando muito essa semana... Vocês me desculpem ok? Volto ainda no final da semana!


Ah eu só atraio gente esquisita.
Meus amigos são esquisitos,
Minha família é esquisita,
Meus médicos são esquisitos
Meus colegas de trabalho são esquisitos.
eu não;
Eu sou uma gracinha !!!!


(desconhecido)

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Apartamento

7

- Oi, nossa, como você está sumida!
- Pois é, é a correria. Mas você também nunca mais apareceu.
- Há, sabe como é... A gente nunca para né? Trabalho, casa, marido, filhos...
- Hi, sei como é isso. Por aqui também estamos numa correria danada. E as novidades?
- Não tenho. Nada de novo. A vida está na mesma, estou trabalhando muito... E você? O que me conta de novo?
- Nada também, o mesmo de sempre. Trabalho, faculdade, namoro...
- E sua mãe está bem?
- Está sim, graças a Deus. E os meninos?
- Há, cada dia mais lindos, levados que só vendo. Passo aperto com eles. São muito espertos.
- Faço idéia!... Bem, eu deixei uma pizza assando no forno, vou lá olhar.
- Tudo bem, eu vou ficar aqui e acabar de limpar a janela. Vê se não some vizinha!

domingo, 7 de fevereiro de 2010

A sua vingança

9

É por vingança, eu sei.
É por pura e cruel vingança.
A dor que me condena,
O castigo que me limita,
É sua doce e cruel vingança.
Acha graça das minhas lágrimas
De nada lhe serve meu arrependimento,
Condena-me,
Dia a dia, condena-me.
Perdão não dado,
Alicerce mal formado.
É sua pura e cruel vingança!

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

O sofrimento de forma clara!

4

Continuando com assuntos do coração...

Ainda consternada com a dor de outra pessoa, penso que música melhor expressa à dor de um amor perdido... Afinal, que graça tem sofrer se não for para curtir bem a dor de cotovelo com uma música bem deprê? São tantas músicas! Nesses momentos, eu só consigo pensar nas letras de Alcione e Chico Buarque. Alcione porque ela é fatalista mesmo, e suas músicas falam de muita dor, de perdas de uma forma bem trágica, exatamente como é o fim de um relacionamento (e eu adoro a Marrom). Trágico. Mas para esses momentos gosto mais de Chico Buarque. Aliás, para quem não sabe, Chico é minha paixão. Amo toda a sua obra. Acredito que ele, somente ele, soube escrever sobre o sentimento da mulher, o sentimento de dor, de uma forma tão clara e específica. Juro que o Chico disse tudo, sei que ele cantou tudo o que todo mundo que já sofreu queria expressar. Sabe quando sofremos e não encontramos palavras para expressar o tamanho da dor? Pois então, Chico encontrou todas, repare:

Chorei, chorei
Até ficar com dó de mim
E me tranquei no camarim
Tomei o calmante, o excitante
E um bocado de gim
Amaldiçoei
O dia em que te conheci...
... Não me troquei
Voltei correndo ao nosso lar
Voltei pra me certificar
Que tu nunca mais vais voltar
Vais voltar, vais voltar


(Bastidores - acho que é a que mexe mais comigo... Falar ‘’chorei até ficar com dó de mim” é algo muito lindo e impensável)


Quando olhaste bem nos olhos meus
E o teu olhar era de adeus
Juro que não acreditei, eu te estranhei
Me debrucei sobre teu corpo e duvidei
E me arrastei e te arranhei
E me agarrei nos teus cabelos
Nos teu peito, teu pijama
Nos teus pés ao pé da cama
Sem carinho, sem coberta
No tapete atrás da porta
Reclamei baixinho
Dei pra maldizer o nosso lar
Pra sujar teu nome, te humilhar
E me vingar a qualquer preço
Te adorando pelo avesso
Pra mostrar que ainda sou tua


(Atrás da porta – essa tive que colocar a letra inteira. Repare nessa dor! Repare no desespero! Como diria Elis “é uma dor... que não cabe no mundo...” Nunca vi uma dor maior e ainda continua à disposição!)


Vem, por favor não evites
Meu amor, meus convites
Minha dor, meus apelos
Vou te envolver nos cabelos
Vem perde-te em meus braços
Pelo amor de Deus...

... Eu quero te contar
Das chuvas que apanhei
Das noites que varei
No escuro a te buscar
Eu quero te mostrar
As marcas que ganhei
Nas lutas contra o rei
Nas discussões com Deus
E agora que cheguei
Eu quero a recompensa
Eu quero a prenda imensa
Dos carinhos teus


(Sem fantasia – essa é maravilhosa... Fico sem palavras com essa devoção toda. Acho maravilhoso quando fala: “nas discussões com Deus...’’ PELO AMOR DE DEUS...” e ainda tem cantado com Chico e Bethânia! Perfeito!)

Mas devo dizer que não vou lhe dar
O enorme prazer de me ver chorar
Nem vou lhe cobrar pelo seu estrago
Meu peito tão dilacerado
Aliás
Aceite uma ajuda do seu futuro amor
Pro aluguel
Devolva o Neruda que você me tomou
E nunca leu
Eu bato o portão sem fazer alarde
Eu levo a carteira de identidade
Uma saideira, muita saudade
E a leve impressão de que já vou tarde.


(Trocando em miúdos – De todos que me lembrei, acho que essa é o sentimento de maior conformidade. Não altera a dor, mas vai embora sem fazer alarde, ou seja, sem suplicar como nas outras. E tem a impressão que ainda foi tarde... Que triste. Mas o pior de tudo é pegar de volta um Neruda que não foi lido! Lindíssima!)

...E ainda tem tantas outras... Como "Pedaço de mim", "Com açucar, com afeto" etc. Mas ficaria aqui apenas postando músicas de dor! É muita dor! Qual música você acha que melhor expressa a dor do relacionamento perdido? Conta ai!

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Em desacordo com o amor

8



Eu penso que ninguém tem direito de ser leviano com o coração dos outros. Eu nem pensava escrever sobre estes sentimentalismos, até chegar uma pessoa que foi gravemente ferida pela leviandade de outra.

O que leva uma pessoa a prometer um amor que não existe a alguém? Um amor que não é capaz de dar, nem de entregar, nem de viver... Afinal, o amor é entrega! Amor não marca data nem dia, se vive! Amor de verdade é aquele que não trai, não faz mal, não engana!

Queridos leitores, vocês tem todo o direito de trocar de amor, de terminar com alguém porque se interessou por outra pessoa, isso acontece. O que não dá para aceitar, é que não se tenha coragem de jogar as cartas na mesa e dizer que o amor acabou! Não é justo pedir um tempo, prometendo retorno e se entregar nos braços de outra pessoa. Pensem sempre nisso! Sempre tenha a atitude que você gostaria que tivesse com você! A vida é uma roda gigante... um dia se está por cima, outro dia se está por baixo...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Ser professor

10


O sonho de ser professora se mistura a diversos outros sonhos.

Não, eu não tenho dúvida que quero continuar sendo professora, que quero continuar aprendendo a ser melhor e que certamente, ainda tenho muito para aprender. Início de carreira é assim mesmo, nós temos sonhos considerados até utópicos por alguns. Para mim não, são sonhos reais, que depende de cada profissional dentro da escola, de cada governante, de cada aluno, mas é possível.

Eu adoro a minha profissão, adoro! Encho a boca para falar "sou professora"! Eu lutei muito para conseguir o meu espaço, para chegar onde estou hoje. Mas tem tantas coisas erradas nessa profissão... Eu não desanimo, isso não, mas também não deixo de sonhar em ter condições melhores, e nem deixo de botar a boca no mundo para dizer o tanto que a educação precisa melhorar.

Começando pelo salário... Os professores da rede Estadual, além de não serem valorizados, recebem um salário vergonhoso. Levando-se em consideração que o salário mínimo hoje é R$510,00, não da para imaginar que um professor recebe no mês algo em torno de R$800,00. E olha, nos trabalhamos muito, e não é apenas na escola.

Outra questão preocupante são os recursos oferecidos pela escola, recursos esses que o Estado oferece ou dispõe para cada escola Estadual. Temos que rebolar para dar uma aula criativa e diferente para nossos alunos, estamos atrelados ao mínimo de verba e recurso para proporcionar uma boa educação, contudo, somos rigorosamente avaliados, todos os anos!

E por fim, os próprios alunos, desgastados, desinteressados e sem motivos para sonhar com uma educação melhor.

Profissão linda é a do professor. A profissão em que além de educar, temos a responsabilidade de devolver a todos os alunos a vontade e necessidade de sonhar, de plantar, de colher frutos! Fazer com que cada um creia que é somente através da educação que podemos ter um mundo melhor e nos tornarmos pessoas melhores.
Para começar colegas, peço a vocês pela valorização do professor. Já que a valorização salarial ainda não veio, e talvez nem venha, então que pelo menos possamos ter a valorização social.