sexta-feira, 7 de maio de 2010

Repúdio


Para quem não sabe, algumas Escolas Estaduais de Minas Gerais estão em greve a um mês. A reivindicação é a mesma, aumento salarial. Alguns podem pensar que esses protestos não têm cabimento (como pensa o nosso governo) ou que o professor ganha bem o suficiente, pois trabalha pouco!
Às vezes tenho vergonha de ser brasileira...

Eu vejo o professor como aquele capaz e capacitado para melhorar o futuro desse país, se é que isso é possível! Ando tão descrente...

O salário do professor do Estado de Minas Gerais é o 8º pior do Brasil (contando só o salário-base, é o 2º pior). O Estado de Alagoas paga o PISO de R$1.015,00 reais para o professor trabalhar 20h (belezura... estamos comparando Minas Gerais, um dos Estados mais ricos do país, com Alagoas, 20ª economia desse país).
Os governantes sempre usavam a Lei de Responsabilidade Fiscal como argumento para não aumentar o salário dos docentes. Engraçado que não vi a "Lei da Responsabilidade Fiscal" quando desembolsaram 1,2 bilhões para fazer as obras faraônicas aqui em BH... E para todo mundo, Minas Gerais tá uma beleza só, afinal a televisão repete isso sempre não é?...

Ser professor não é sacerdócio, é uma profissão. Todo profissional pede condições para se realizar naquilo que faz. Só que o nosso governo não deve saber disso...
Aliás, parece que os nossos governantes mineiros não sabem nem a diferença entre "piso" e "teto".
As propagandas do Governo de Minas insistem que o PISO salarial do professor é de R$935,00. É UMA MENTIRA! O nosso PISO salarial é de R$500,48 reais. O nosso TETO salarial é de R$935,00, e mesmo assim, nenhum professor que trabalhe em um cargo completo (como eu) recebe esse valor!!! (conferir o meu contracheque deste mês abaixo)

Sinceramente, amo a minha profissão, não sei fazer outra coisa e não me vejo fazendo outra coisa, porém está cada vez mais complicado ser professor. Eu tenho sonhos, gostaria de realizar coisas, possuir uma casa melhor, um carro (nem isso eu tenho), planejar filhos com o meu marido... Contudo, não sei como sonhar tendo um salário de R$750,00 reais mensais. As escolas estão ai em greve (a minha não aderiu), o Anastasia - filhote do Aécio - mandou cortar o ponto dos profissionais e colocar outros no lugar. A segunda reivindicação foi desconsiderada pela justiça, uma vitória e mérito do SindUTE.

Abaixo coloco um vídeo do sindUTE, onde mostramos a nossa causa e o meu contra cheque! Podem ver para crê!

Quem acompanha meu blog, se puder passar essa postagem para frente... Por favor, eu agradeço!








video

7 Palpites relevantes:

Claudio Justo | 7 de maio de 2010 23:08

Quando eu Aécio venceu, eu te disse, eu te disse...

Sinceramente não chega a ser supresa essa postura do governo tucano mineiro. E não são só os professores que estão nessa luta, os profissionais do Sintder também estão nessa...

Professor é bandido, merece tiro de bala de borracha e é vigiado por helicópteros armados.

O pior vai ser ver a mídia marrom de Minas fazendo campanha velada pro Aécio na campanha ao Senado.

"Cada povo tem o governante que merece!"

Thaís Duarte | 8 de maio de 2010 20:21

APOIO total a greve! E sinto essa mesmo indgnação Fê, sexta fui fazer protesto na minha escola exigindo uma decisão unânime dos meus professores! Governo do Aécio sempre foi só uma maquiagem, vergonha, nenhum professor merece esse salário de fome!

Beijos e boa sorte!

Naty Araújo | 8 de maio de 2010 23:16

Eita... eu não sabia dessa greve não.
E nem sabia que vc era de MG.. que lugar, querida?

Tenha um lindo domingo.
Beijos, flor.

Fê Colcerniani Justo | 9 de maio de 2010 20:59

Sou de Belo Horizonte mesmo Naty....

Naty Araújo | 9 de maio de 2010 22:53

Que lindo, flor...
Meu pai é de Passa Quatro, conhece?
Acho que estarei indo pra lá nas férias.

Beijos, linda... feliz dia das mães por aí.

M. | 14 de maio de 2010 21:58

Fê, que absurdo!!! E ainda pedem um país melhor.

Como? Se os "responsáveis" por conhecimento, por preparar os futuros líderes estão sendo tratados desta forma?

Podexá que passo adiante o teu protesto. Seu e de td nós que nos sentimos envergonhados com tanto descaso.

Bjos!!!

Rafael Perfeito | 18 de maio de 2010 17:06

Aqui em Brasília, na última greve que fizemos, sofremos um boicote terrível do princpal jornal da cidade, o Correio Braziliense.
Colocaram na capa do jornal que tivemos uma aumento de quase 200%. Teve gente de sindicato da Europa ligando pro sindicato dos professores para peguntar como tínhamos conseguido...

o Jornal só fez colocar a população contra nós.

Em outra oportunidade, capa do jornal: GREVE: Crime de Lesa Futuro.

É mole?

Pena que não tenhamos força e união nacionalmente.
Boa sorte.