terça-feira, 30 de setembro de 2008

Elis, o Mito!


Vou iniciar meu blog com uma boa polêmica: “Quem é/foi a melhor cantora do Brasil?”
Essa resposta eu tenho na ponta da língua: Elis Regina Carvalho Costa.
Claro, é uma opinião minha, compartilhada com muitos e severamente criticada por outros. Eu já ouvi muitas coisas e muitas vozes durante a minha vida, mas nenhuma como Elis, que cantava e encantava.
Tudo que Elis cantou foi definitivo. Cantava com alma. Expressava tudo que a música e a letras queria passar. Não simplificava música alguma. Não era apenas uma voz bonita. Era a maior voz. Conseguia passar do agudo para o grave com facilidade e sem desafinar. Elis não cantava apenas, o que ela fazia no palco era muito mais que cantar, era transmitir, era paixão, dava para perceber que aquela era a “onda” dela...
Não adianta tentar me convencer que Nara leão com sua suave voz limitada, Maria Bethânia sem presença de palco ou Gal Costa (a melhor das citadas) são melhores que Elis, não são. Uma cantora não tem que ter apenas uma voz “bonitinha”, tem que ser completa e Elis era.
Não quero convencer os amantes de Nara, Bethânia, Gal e etc, amarem Elis como eu amo, mas há que se ter bom senso. Quem tem um bom ouvido reconhece a maestria dessa que foi (e para mim continua sendo) a melhor e maior cantora de todos os tempos: ELIS REGINA.

Elis é imortal!

Vejam uma bela interpretação de Elis, de uma música que eu adoro!



video

3 Palpites relevantes:

Thuka | 30 de setembro de 2008 14:46

Concordo em gênero, número e grau.

Elis eterna!!

Mara | 30 de setembro de 2008 14:51

Incomparável.
É incrível com Elis continua viva na memória das pessoas. Nunca ninguém foi tão criticada, invejada e admirada.
Não existe outra.

maria | 30 de setembro de 2008 18:27

Fê, odeio ser repetitiva, mas não tem outro jeito: endosso tudo que voce disse e vou dizer mais: Eu gosto mais da Elis que voce, sabe por quê? Porque eu gosto há muito, muito mais tempo, menina querida. Mas eu gosto muito de ver gente jovem apreciando boa qualidade.