sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

25 anos



Lembro-me que quando eu era criança todos os meus aniversários eu tinha festa. Minha mãe preparava tudo do jeito que eu queria, com bolo, doces, salgados, churrasco, surpresinha para os convidados no final. Eu nem dormia direito na semana do meu aniversário de tão ansiosa que eu ficava para ter a festa e ganhar os presentes. Minha mãe não ia trabalhar, fazia as minhas vontades e tornava o dia 08 de Janeiro o dia mais importante do ano! Não ia muita gente na festa, quer dizer, até ia, mas pra mim que era criança, eu esperava que meu aniversário se tornasse o evento do ano, e não era. Janeiro está quase todo mundo viajando de férias.


Como cada ano a gente amadurece um pouco, aniversário para mim tem ganhado outro sabor. Ontem por exemplo foi o primeiro ano que eu não tive bolo. Eu não fiz, ninguém fez, e na verdade não fez falta como faria há poucos anos atrás. Foi o primeiro ano que meu pai não pode ir me ver, está passando muito mal com intoxicação, e me fez muita falta. Recebi poucas e importantes ligações, pois, depois da era Orkut, as pessoas não te ligam mais, apenas deixam um scrap na sua página de recados e fica de bom tamanho, ontem recebi mais de oitenta. O meu dia foi um dia comum de trabalho, como seria se não fosse meu aniversário. Depois saí com o pessoal do trabalho para comemorar, uma comemoração tímida, mas uma comemoração sincera. Fui pra casa e sai mais uma vez com meu marido, comemos uma pizza. O dia 08 de Janeiro passou e eu descobri o que na verdade eu já sabia, fazer aniversário é bom mesmo quando se é criança. Criança vê magia em tudo, quer crescer, envelhecer, ter festa e poder parar o dia para comemorar. Pra gente que já cresceu o dia e nem a vida para por causa do nosso aniversário, mas mesmo assim não deixamos de envelhecer.

11 Palpites relevantes:

| 9 de janeiro de 2009 15:47

Boa tarde Fê,

"A Idade de Ser Feliz

Existe somente uma idade para a gente ser feliz,
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-las
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo, nem culpa de sentir prazer.

Fase dourada em que a gente pode criar
e recriar a vida,
a nossa própria imagem e semelhança
e vestir-se com todas as cores
e experimentar todos os sabores
e entregar-se a todos os amores
sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem
em que todo o desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda disposição
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO,
e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente
chama-se PRESENTE
e tem a duração do instante que passa."

desconhecido

Minha linda, venho agradecer suas palavras de carinho lá em casa, muito obrigada.
Desejo a você muitos anos de vida, muita saúde que é o principal, muita fé e muitooo amor.
Saiba que você é uma pessoa muito especial para Deus, por isso ele o Senhor lhe deu o grande e o mior dom , o dom da Vida.
Espero que venha muito mais vezes lá em casa, eu virei sempre, adorei seu blog e sua maneira de viver essa vida tão maravilhosa que você tem e que é só sua. Seja feliz, depende ´somente de ti.
Que Deus te abençoe e muito obrigada!
Vovó Rô!

Tangerina | 9 de janeiro de 2009 15:56

Sabe que.. relembro com muita saudade meus aniversários quando criança, bolo, festa, até tenho as fitas guardadas, embolorando.

Festa não tem há tempos. Recados no orkut é o que mais tem, telefonemas são cada vez mais escassos.

Mas dá uma vontaaade de voltar no tempo às vezes. :)

Beijo :*

Tato Barba | 9 de janeiro de 2009 20:18

Sinto falta das minhas festas de aniversário.

Acredito que, na medida em que envelhecemos, passamos a significar menos para os demais.

Os esforços são medidos, com os seguintes dizeres: "Ah! Ele vai entender."

E a nós, resta o quê?
De fato, apenas entender.

Luis Felipe | 9 de janeiro de 2009 23:48

Valeu pela visita! Coincidência ou não, também faço 25 anos em 2009. Ano passado, não tive nenhuma festa. Na verdade, o mais próximo de um ritual pelo que passei foram os tradicionais abraço e beijo de minha mãe. É só mais um dia, e a vida continua... Isso sim devemos comemorar, e sempre que pudermos e estivermos dispostos!!!

Quanto aos filmes, ainda há tempo para ver todos eles!!! Listas são pra isso mesmo: instigar os leitores a assistir e trocar opiniões!

andre | 10 de janeiro de 2009 20:50
Este comentário foi removido pelo autor.
Alyb | 10 de janeiro de 2009 20:55

Muito bem Fê, disse tudo. Aniversário é bom quando criança. Tudo de bom

Mary Justo | 10 de janeiro de 2009 23:56

Oi cunhadinha!!!!!
Quando a gente é criança vê magia em tudo. Todas as coisas possuem luz e vida. Por isso seus aniversários eram grandes acontecimentos. Mas os anos nos dão o verdadeiro sentido do aniversário: agradecer por mais um período de vida ao lado daqueles que realmente são importantes. Nem importa quantas pessoas ligaram ou escreveram... Vc sabe direitinho aquelas que tem você no coração e isso é o que vale. É momento de agradecer a Deus esses 25 anos de vida, com alegrias, tristezas, decepções, conquistas... São 25 anos de V-I-D-A!!!!!!!!!! Te amo!!!! Beeeeeeeeeeeijos

SouMusic | 11 de janeiro de 2009 03:08

Confesso q as vezes o processo desse amadurecimento (ate vc ñ ligar mais) eh bem sensivel... vc sempre acaba pensando sobre...

Não tem jeito... no fim das conta agente espera um 'parabens pra vc'.... rsrsrs


To voltando a area.... hehehe


Vlw a visita e... PARABÉNS!!! :D

Madamefala | 12 de janeiro de 2009 02:32

Vou reforçar os comentários da Tangerina e do Tato...é um isolar-se estranho...tb preferia as festas de criança, eram mais felizes, verdadeiras e cheias de gosto de vida.

bjocas.

J. Heinkel | 23 de janeiro de 2009 15:55

"fazer aniversário é bom mesmo quando se é criança"

é a pura verdade

só quando temos aquele brilho utópico nos olhos que aproveitamos nosso aniversário como se fosse o grande dia do ano, as mil maravilhas na Terra, rs

Aaaaaah
tempo bom!

Zina | 4 de outubro de 2009 10:29

Tb faço 25 anos depois d amanha. Não sei como comemorar. Ano passado passou em branco e fikei super deprimida. Este anos gostaria de passar melhor principalmente pq mereço... Tou sem ideias :(